Aposto que você já ouviu falar do teste do congelador para o ômega-3, né?

De acordo com a sabedoria popular, se a cápsula congelar, então o produto não é de qualidade. Mas será que isso é verdade?

O que é:

O nome Ômega-3 cobre uma série de ácidos graxos, sendo três deles os mais importantes: o ácido eicosapentaenoico (EPA),  o ácido docosahexaenoico (DHA) e o ácido alfa linolênico (ALA). Esses ácidos graxos fazem parte da estrutura de membranas de todas as células do nosso corpo e possuem diversas funções, como controle de entrada e saída de substâncias das células, por exemplo.

Fizemos um post com tudo o que você precisa saber sobre o ômega-3. Clique aqui!

O teste:

Inicialmente, para falarmos sobre o teste do congelador, precisamos tratar de alguns conceitos químicos.

Todas as substâncias químicas, naturais ou artificiais, apresentam um ponto de fusão, ou seja, uma temperatura em que passa do estado sólido para o líquido. Também possuem um ponto de ebulição, temperatura em que passam do estado líquido para o estado gasoso. No caso dos ácidos graxos que formam o ômega-3, seu ponto de fusão é de -11ºC. Sendo assim, se uma amostra de ômega-3 for submetida a uma temperatura de -11ºC, este óleo passará de sua forma líquida para sua forma sólida. Isto é, irá congelar depois de certo tempo.

Além disso, é preciso esclarecer que há uma diferença entre o freezer e o congelador domésticos, já que eles possuem capacidades de refrigeração bem distintas. Enquanto o congelador atinge uma temperatura média de -6ºC, o freezer é capaz de atingir uma temperatura média de -20ºC. Então, se colocarmos uma cápsula de ômega-3 em um congelador, ele continuará em sua forma líquida, já que o congelador não é capaz de atingir a temperatura de fusão de -11ºC. Por outro lado, a mesma cápsula irá congelar se for colocada no freezer, já que a temperatura chega a -20ºC.

Mas há ainda o argumento que diz o seguinte: “Mas o ômega-3 impede os peixes de se congelar em águas super frias dos pólos…”

Alguns peixes que vivem em ambiente polar sobrevivem em águas muito geladas, com temperaturas abaixo de zero. No entanto, a temperatura média da água é de -1,9ºC, embora na superfície possa chegar a -65ºC, dependendo da região. E para não congelarem, a natureza dotou estes peixes com recursos biológicos diversos.

Entre eles está a presença de ácidos graxos poliinsaturados (ômega-3) em sua estrutura e, como já falamos, seria necessário atingir temperaturas abaixo do seu ponto de fusão (-11ºC) para que congelassem. Além disso, estes peixes possuem proteínas anticongelantes em seus fluidos corporais, similares aos encontrados em plantas, anfíbios e insetos.

E o resultado final é…

Podemos concluir que o teste do congelador é FAKE

Então, como escolher um ômega-3 de qualidade?

Se você procura um ômega-3 de qualidade, assegure-se de escolher um ômega-3 TG (triglicerídeo), que garante sua pureza e 70% a mais de absorção pelo seu corpo. Além disso, a presença de Vitamina E em seu ômega-3 garante ainda mais sua qualidade, já que impede sua oxidação e ainda adiciona todos os benefícios da Vitamina E aos já presentes no ômega-3.

Visite o site da MAKAI® e conheça o melhor ômega-3 do mercado.

As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem substituir orientações de profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou nutricionista com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura de ajuda por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da MAKAI®.

(Visited 486 times, 3 visits today)